Como montar um roteiro de viagem? Tudo que você precisa saber

roteiro de viagem
17 minutos para ler

Tirar férias é uma delícia, não é verdade? No entanto, para os dias de sossego serem perfeitos, é preciso ter algum planejamento de como serão os passeios durante o período em um roteiro de viagem. Caso contrário, podem haver muitos transtornos e até perdas financeiras.

Para aproveitar cada segundo do tempo desse período é importante montar um plano do que pretende fazer. Isso garante que nada importante fique de fora, além de ajudar a otimizar o tempo durante a estadia no destino.

A organização feita com antecedência permite que todos os locais que você deseja ir possam ser visitados. Você vai ver que essa é uma tarefa muito divertida de se fazer, pois a viagem começa a ser visualizada neste momento.

Neste artigo você vai entender como montar um roteiro de viagem completo para facilitar muito a sua vida durante a estadia. Veja o que deve conter no planejamento, como economizar, os erros que deve evitar e os principais destinos para viajar em família. Confira a seguir!

Powered by Rock Convert

Qual a importância do roteiro de viagens?

Para não perder tempo e nem deixar um passeio, ponto turístico ou restaurante para trás, o roteiro de viagens é um passo muito importante. Trata-se de um guia que vai ajudar a tomar as decisões para que cada dia seja aproveitado ao máximo durante a estadia.

Essa organização prévia evita indecisões nos dias da viagem, minimizando a perda de tempo. Como você está planejando com bom prazo de antecedência, consegue ver o que dá para fazer em um mesmo dia, quais os melhores horários e já deixar definido. Assim, não fica com tempo ocioso e indeciso quando chegar ao destino.

Um roteiro de viagem bem feito evita imprevistos e permite adequar o destino dentro do que você e sua família desejam vivenciar no local. Assim, dá para aproveitar bastante e não deixar de ir a nenhum lugar que valha a pena.

Porém, não é indicado colocar muitas atividades em um só dia. Isso vai deixar o roteiro cansativo, além de que pode frustrar as expectativas. Vale a pena aproveitar um pouco mais em alguns locais, do que perder tempo com tantos deslocamentos.

Como montar um roteiro de viagens completo?

Para onde você quer ir durante as suas férias? Ao pensar no objetivo de sua viagem, vai ser mais fácil definir. Esse deve ser o primeiro ponto para se montar um roteiro de viagens que funcione. Portanto, defina se irá para dentro ou fora do Brasil, se vai incluir mais de uma cidade ou país.

Se você tem dúvidas sobre mais de um local que quer visitar, ao montar o roteiro vai ser mais fácil definir. Isso porque será possível fazer um comparativo para entender o destino que cabe dentro do seu orçamento naquele momento e das suas expectativas.

Primeiros passos para organizar o roteiro

Tão importante quanto definir o destino é pensar no objetivo da viagem. Essa fase é fundamental pra determinar os próximos passos e detalhes importantes para a elaboração do roteiro. Até porque, em uma mesma cidade, há diversos tipos de atrativos que podem agradar mais ou menos pelo estilo de vida do viajante.

Será uma viagem para descansar ou se aventurar na natureza? Quer um local com frio ou com calor? Busca uma imersão cultural em outro país? Pretende ir sozinho ou em família? Quer fazer compras ou busca parques de diversão? Tudo isso precisa ser respondido para seguir adiante na formatação do guia que vai montar.

O objetivo da viagem interfere não apenas no destino, mas nas atrações que serão selecionadas como prioridade. Afinal, as suas decisões serão traçadas para caberem dentro das suas expectativas.

Verifique a estação do ano

A época do ano deve ser levada em consideração, pois há locais em que a estação favorece ou prejudica os passeios. Considere se é verão ou inverno no país onde pretende passar as suas férias. Mesmo em viagens nacionais, verifique se o período é favorável para o que está buscando.

A estação do ano é determinante para o melhor proveito dos dias de férias. Inclusive vai interferir nos preços de passagens e hospedagens na maioria dos destinos. Então, tente adequar o melhor momento para que tudo saia dentro do esperado.

Analise o tempo que tem para ficar no destino

A duração da viagem é bastante relevante para a definição do roteiro que está montando. Dependendo de quantos dias dispõe, você consegue traçar mais ou menos passeios naquele período.

Se forem muitos dias, pode-se até incluir mais de um destino, indo para mais de uma cidade ou mesmo para outros países. Porém, leve em conta o tempo gasto com o trajeto também.

Com a ajuda da internet você vai conseguir calcular o tempo necessário para o deslocamento de um local ao outro. Lembre-se de contabilizar as horas em voos de escalas ou conexões. Avalie o melhor custo-benefício para se adequar ao orçamento que tem para realizar a viagem.

Defina locais a serem visitados

Agora, chegou a hora de determinar em quais locais você quer passar durante a viagem. Liste todos os passeios, museus, parques, casas noturnas, restaurantes e pontos turísticos que pretende visitar.

Em um único dia você pode conhecer mais de um desses locais, programando da forma correta para não precisar fazer nada com pressa e ficar sobrecarregado, nem perder tempo com deslocamento.

Com a ajuda do Google Maps você consegue saber a distância e o tempo de trajeto, de acordo com o meio de locomoção escolhido. Vai ser possível verificar lugares que são perto uns dos outros e determinar a rota para um mesmo dia.

Comece definindo aonde quer ir primeiro, para ir elencando as prioridades. A partir daí, vá definindo dia a dia os locais por onde irá passar, tentando agrupar os que são mais próximos entre si.

Isso pode ser feito com mais ou menos rigidez. Por exemplo, você pode apenas determinar que em um dia vai conhecer um museu, fazer compras e fazer a refeição em um determinado restaurante que queira e ir moldando os horários durante a viagem. Ou também pode organizar um cronograma com data e hora para cada atividade.

Ao definir as atividades que são mais próximas e fáceis de serem casadas, há um ganho de tempo. Não serão necessários longos deslocamentos com risco até mesmo de congestionamento no trânsito. Além disso, evita o estresse de ter que definir dia a dia o que vai fazer durante o período.

Pesquise sobre as atrações

Esse passo também é importante para evitar que você vá a algum local fora do horário de funcionamento. Os museus, por exemplo, em sua maioria, não abrem às segundas-feiras. Essas informações podem ser verificadas nos sites das instituições.

Há também muitas ofertas nos sites das atrações, sendo possível garantir ingressos com preços melhores do que no dia. Alguns hotéis oferecem descontos como cortesia aos hóspedes. Procure saber sobre isso e avalie as melhores opções.

Pense que pode haver imprevistos, contratempos e que você possa não ter disposição para cumprir o roteiro de um dia inteiro. Pode haver congestionamento, filas em atrações e isso pode inviabilizar tantas atividades em um dia só.

Calcule quanto precisará de dinheiro

Essa é uma variável muito particular, uma vez que envolverá as escolhas que cada pessoa fizer desde o meio de locomoção à hospedagem. Porém, para saber quanto será necessário, deve entrar no cálculo os passeios, compras, refeições e um valor extra para imprevistos.

Durante a pesquisa, você vai conseguir ter uma base de valores. Inclua tudo para conseguir ter um orçamento o mais próximo do real possível. Para calcular você deve fazer uma soma que inclui:

  • valor das refeições que irá fazer por dia;
  • custos com transporte e deslocamento;
  • preço da hospedagem;
  • valor diário para lazer e entretenimento;
  • dinheiro para compras.

Agora, você vai multiplicar essa quantia pelos dias de viagem e vai conseguir um valor médio. Inclua no orçamento um valor extra para emergências. Calcule de 1/3 a mais do que o planejado, para não ser pego de surpresa.

Uma maneira de não ultrapassar o orçamento é planejar um gasto por pessoa diariamente. Assim, há um limite estabelecido para que cada um calcule com o que quer gastar.

No caso de viagem internacional, será necessário fazer o cálculo de acordo com a moeda local. Dependendo do lugar escolhido, a moeda pode ser mais ou menos valorizada que o real.

O seguro viagem deve ser incluído nesse planejamento. Mesmo em viagens nacionais, ele auxilia para atendimentos emergenciais e pode evitar despesas e muita dor de cabeça.

O seguro cobre eventuais despesas médicas, jurídicas e odontológicas, além de cobrir cancelamento de hotéis e passagens aéreas em casos de doença. Auxilia ainda com extravio de bagagens e perda de documentos.

Quais erros devem ser evitados ao montar o roteiro de viagens?

Ao pesquisar os destinos e a opinião de outros viajantes, você tem a oportunidade de fazer um cálculo mais adequado do tempo necessário para algumas atrações. Portanto, elenque prioridades para o roteiro.

Colocar tantas atrações em um só dia pode ser desgastante e o que era para ser divertido, pode se tornar cansativo. Por isso, agrupe locais próximos, mas não acumule para um só dia várias atividades.

Se a viagem for contemplar mais de uma cidade ou país, é importante elaborar bem a logística. Caso contrário, esse deslocamento vai tomar muito tempo. Dependendo da quantidade de dias disponíveis, é melhor reduzir a quantidade de locais a serem visitados para aproveitar melhor.

Outro erro comum é viajar sem ter um prévio conhecimento da cultura local, em especial para outros países. Há locais que exigem vestimenta específica para circulação e isso deve ser analisado antes do embarque.

Muita gente deixa para comprar ingressos e ir a restaurantes mais badalados sem planejar. O resultado pode ser frustrante. Há locais que precisam de reserva prévia e podem ser feitos muito antes de chegar ao destino. Além de facilitar, evita filas e lotações.

Importante alertar para que jamais conte com a sorte. Não caia na bobagem de achar que pode viajar sem um seguro viagem. Esse é um dos maiores erros que você pode cometer. O seguro auxilia em despesas médicas, odontológicas e jurídicas.

Mas, além disso, ele também vai ser útil caso os planos precisem ser alterados por motivos de força maior. Com isso, a companhia seguradora assume as despesas com cancelamentos de voos e hospedagem.

Algumas pessoas escolhem o voo sem verificar o tempo de espera no aeroporto para escalas e conexões. Essa pode não ser uma opção para quem tem crianças pequenas ou algum problema de saúde.

Como conseguir preços mais baratos na viagem?

Quanto mais em cima da hora as coisas forem resolvidas, mais cara ficará a sua viagem. Com antecedência é possível pesquisar, comparar oportunidades e achar ofertas.

Até mesmo com férias programadas para alta temporada é possível economizar se começar a olhar com antecedência. Por isso, se você está em dúvida entre mais de um destino, faça cotações para avaliar os preços. Isso pode ser definitivo para determinar o roteiro.

Um dos pontos importantes para encontrar passagens aéreas que cabem no seu orçamento é ter flexibilidade de datas. Na maioria das vezes, é mais barato voar durante a semana do que entre sexta-feira e domingo, por exemplo. Os horários e escalas também podem interferir na variação dos valores.

Você ainda pode usar milhas de cartão de crédito para conseguir uma parte das passagens aéreas. Por isso, veja quais são as regras e como fazer para usufruir do benefício.

Hospedagens em casas e apartamentos alugados por temporada podem deixar a viagem bem mais econômica. Além de ser mais em conta do que diária de hotel, ainda permite que algumas refeições sejam feitas por você, reduzindo gastos com alimentação na rua.

Outro formato é investir em uma multipropriedade. O sistema funciona por meio de venda de cotas de um imóvel que pode ser usufruído por diversas pessoas com posse legal de propriedade. Assim é possível ter uma casa de praia sempre bem cuidada de maneira muito mais econômica do que comprando um imóvel.

Quais são os principais destinos para viajar com a família?

O perfil da viagem vai depender muito do estilo de vida, da idade dos membros e de questões financeiras também. Mas traçamos alguns destinos que agradam bastante para viagens em família dentro e fora do Brasil. Veja.

Orlando, Estados Unidos

Com certeza é o destino mais desejado por famílias do mundo todo. A cidade tem vários parques temáticos da Disney e uma excelente infraestrutura para diversão de pessoas de todas as idades.

Los Angeles, Estados Unidos

A mais badalada atração é o Universal Studios Hollywood, capaz de levar apaixonados por filmes e séries ao delírio. Por lá, há sets de filmagens reais para conferir como são feitas as gravações.

Key Largo, Estados Unidos

Um destino para quem quer aventura e fortes emoções. É possível fazer mergulhos com golfinhos, fazer um passeio em um barco com piso de vidro e refeições exóticas.

Billund, Dinamarca

Imagine uma cidade montada com Lego? Ela existe! O brinquedo, que é dinamarquês, conquistou várias gerações e em Billund é possível visitar o Legoland. Com casas, castelos e diversas estruturas feitas com as pecinhas, o lugar é um verdadeiro sonho.

Valle Nevado, Chile

A cerca de uma hora de Santiago, o Valle Nevado possui uma estação de esqui com várias pistas e diferentes níveis de dificuldade. A estadia em meio à neve é um roteiro desejado por muitas famílias e pode gerar agradáveis lembranças.

Rovaniemi, Finlândia

Visitar a terra oficial do Papai Noel e ainda poder observar o personagem separando cartas ou cuidando das renas pode ser um sonho. Já pensou no deslumbramento de passear em um trenó no meio da neve? Certamente uma viagem inesquecível para adultos e crianças.

Tóquio, Japão

Uma cidade de opostos, que une tradições e modernidade. A cultura pop japonesa atrai muitas crianças e jovens. Além disso, a cidade possui a Disneylândia japonesa e o Parque Ueno, com seus vários pandas, e o parque aquático Hakkejima Sea Paradise.

Foz do Iguaçu, Paraná

Conhecido pelas cataratas, Foz do Iguaçu tem muitos outros atrativos. A cidade é cercada de belezas naturais e tem excelente infraestrutura para o turismo. Recebe anualmente turistas de todo o mundo.

Penha, Santa Catarina

É a cidade que abriga o Beto Carrero World e, por isso, um dos destinos mais procurados por famílias dentro do Brasil. O que não faltam são brinquedos, atrações variadas e shows para alegrar a estadia do público de todas as idades.

Balneário Camboriú, Santa Catarina

Recebe muitos turistas em busca de diversão, agito e praias. É um município badalado e muito atrativo para jovens. Oferece diversas casas noturnas e restaurantes que agradam bastante para quem procura por movimento diurno e noturno.

Bonito, Mato Grosso do Sul

É um dos destinos mais belos para quem procura contato com a natureza. São cachoeiras, grutas, cavernas, fauna e flora preservadas e rios com águas cristalinas. Para os aventureiros, há opções de trilhas, rapel, rafting e mergulho.

Campos do Jordão, São Paulo

Uma cidade fria, com clima de montanha e muitas delícias gastronômicas. Tem diversos restaurantes com opções de fondues, muito chocolate artesanal e uma arquitetura que parece cenário de filme.

Alter do Chão, Pará

É uma aldeia de pescadores bem no meio da selva amazônica. O contato com a natureza encanta os visitantes e proporciona experiências incríveis. Tem boa infraestrutura para receber turistas e hospedagens a preços variados.

Chapada dos Veadeiros, Goiás

É um destino para quem busca aventura e atividade física em meio ao ar livre. É preciso fazer muitas trilhas para desfrutar dos poços, cachoeiras e rios com águas cristalinas. O Alto do Paraíso é o ponto turístico mais famoso e proporciona uma vista de perder o fôlego.

Cânion do Rio Poty, Piauí

Um local de beleza formidável que atrai viajantes com foco no ecoturismo, que tem gerado bons investimentos. Aventureiros podem desfrutar de uma bela paisagem onde o rio corta as montanhas e formam-se enormes paredes verdes.

Aracaju, Sergipe

A capital Sergipana há muitas opções para a família. Uma delas é o Oceanário de Aracaju. Ele fica na praia de Atalaia e tem formato de uma tartaruga, com 70 espécies em 18 aquários.

O que é a Reserva Boa luz e quais são os seus diferenciais?

A apenas 15 minutos de Aracaju, a Reserva Boa Luz é uma ótima opção de hospedagem em um complexo de lazer e entretenimento. O local conta com mata nativa, animais silvestres e um parque aquático completo.

A Reserva Boa Luz conta com bangalôs, de tipos variados, e estúdios, com um quarto, que podem ser adquiridos no formato de multipropriedades. São cotas adquiridas para usufruir os benefícios de ter um imóvel e usar em determinados períodos do ano.

As unidades são integradas ao serviço de camareiras, para maior conforto durante a estadia. Há no local uma variedade de opções de lazer e restaurantes que complementam a comodidade da hospedagem.

Cada um tem direito a posse do imóvel de acordo com as cotas que possui. Da mesma maneira, as despesas para manutenção da propriedade são partilhadas entre todos os proprietários.

Elaborar um roteiro de viagem dá a oportunidade de organizar as prioridades de passeios de acordo com o interesse de cada um. Além disso, ao elaborar um cronograma, é possível garantir que as melhores atrações serão visitadas.

Esse planejamento também evita desperdício de tempo e de dinheiro, permitindo reduzir as chances de contratempos. Dessa maneira, a viagem vai transcorrer de maneira prazerosa e agradável.

Além disso, esse é uma proposta de multipropriedade que permite o uso de hospedagem em outras localidades com o programa de intercâmbio de férias. Por isso, você pode conhecer muitos destinos e ainda se programar financeiramente.

Viu só como elaborar um roteiro de viagem facilita a vida? Aproveite para compartilhar em suas redes sociais e ajudar outras pessoas a entenderem como montar esse planejamento.

Você também pode gostar

Deixe um comentário