6 locais para passear em Sergipe e viver momentos inesquecíveis

Local para passear em sergipe
6 minutos para ler

O Nordeste é uma região ampla, com estados que oferecem diferentes cenários para visitar e apreciar. Entre eles, destaca-se Sergipe, o menor estado do país, mas não o menos atraente. Além de contar com um litoral muito bonito, a natureza presenteou as cidades sergipanas com paisagens exóticas e cativantes.

O centro urbano também oferece opções turísticas interessantes. Entre as cidades de Sergipe, destacamos a capital Aracaju. Se você está pensando em conhecer melhor o Nordeste, considere as opções disponíveis em Sergipe e, principalmente, em Aracaju. Veja 6 locais para passear em Sergipe e viva momentos inesquecíveis!

1. Mangue Seco: dunas servindo como cenário de telenovelas e filmes

Mangue Seco é uma das praias mais procuradas pelos turistas e fica na divisa entre Sergipe e Bahia. Já foi cenário da telenovela “Tieta” e de filmes. São aproximadamente 30 quilômetros só de areia fofinha e branquinha. A praia também conta com manguezais, restingas, coqueirais e dunas.

A melhor forma de conhecer as belezas de Mangue Seco é passeando de buggy, pois a travessia entre as dunas não permite o deslocamento de automóveis comuns.

Na região de Mangue Seco, existem duas praias: a de Mangue Seco e a de Costa Azul. Elas são rústicas e há muitas barracas espalhadas pela areia, vendendo redes artesanais.

A vila é formada por poucas ruas e uma igreja, além de restaurantes que oferecem comidas caseiras. Para alcançar Mangue Seco, é preciso fazer a travessia do Rio Real. Para quem tem carro próprio, o ideal é deixar o veículo em Pontal, uma pequena cidade que dispõe de porto, de onde partem lanchas e embarcações para Mangue Seco, mas o percurso fica mais longo: 130 quilômetros desde Aracaju.

2. Praia do Saco: um local no extremo sul, pertinho do estado da Bahia

A Praia do Saco se situa bem perto da Bahia, no litoral sul do estado sergipano. É um dos locais para passear em Sergipe mais famosos. Exibe areia bem fina e mar bem azulado, com paisagens deslumbrantes. Além das dunas, há uma lagoa artificial que só pode ser alcançada por meio de buggy.

Na Praia do Saco, há muitos restaurantes com cardápio de bebidas, petiscos e pratos principais. É um lugar bem tranquilo, ótimo para se passear a pé. A Ponta do Saco é um ponto que permite apreciar toda a Praia de Mangue Seco, localizada mais ao norte da Bahia. De um lado da Ponta, a gente aprecia o mar; do outro, aprecia o rio.

Para chegar lá, na Ponta do Saco, você vai precisar de buggy novamente. E não se preocupe, pois os bugueiros estão lá continuamente, prontos para te levar aonde você quiser ir e faturar um dinheirinho.

3. Foz do Rio São Francisco: o Velho Chico entra em sua reta final

O Rio São Francisco é um dos mais importante do Brasil. Para os nordestinos, ele é como o Nilo para os egípcios. Nasce na Serra da Canastra, em Minas Gerais, e deságua em Piaçabuçu, no estado de Alagoas, na divisa com Sergipe. Ao todo, o rio atravessa cinco estados: Minas, Bahia, Pernambuco, Sergipe e Alagoas.

No passeio à foz do São Francisco, as pessoas partem de Brejo Grande de catamarã rumo ao povoado Cabeço, que conserva o farol antigo apesar de ter sofrido invasão das águas. O farol permanece como um símbolo de resistência.

O encontro do rio com o mar é cercado por belas paisagens, sendo o passeio bem programado com paradas, inclusive para compras. A distância de Brejo Grande a Aracaju é de 137 quilômetros.

4. Parque dos Falcões: referência mundial entre os locais para passear em Sergipe

O Parque dos Falcões fica na histórica Serra de Itabaiana, a 45 quilômetros de Aracaju. É uma referência mundial no que concerne aos cuidados com as aves de rapina, inclusive com a reabilitação de aves doentes.

É um dos locais para passear em Sergipe com mais apelo ecológico. Trata-se de um dos poucos espaços que têm autorização do IBAMA para a criação em cativeiro desses pássaros. Há, ao todo, quase 300 espécies de aves de rapina no parque, incluindo corujas e gaviões.

A instituição também adestra as aves. Por exemplo, com o comando dado por meio de apitos e determinadas vocalizações, elas atacam presas de mentirinha. O Parque dos Falcões é parceiro do IBAMA, o qual envia para ele aves apreendidas e machucadas, que recebem o devido tratamento e garantem a preservação das espécies com a reprodução.

Existem duas opções para chegar ao parque:

  • BR-235: 63 quilômetros de Aracaju;
  • SE-245: 77 quilômetros de Aracaju, passando por Laranjeiras, uma cidade histórica de Sergipe.

5. Praia de Pirambu: as tartarugas que vêm de longe para pôr seus ovos

Pirambu é uma vila situada a 29 quilômetros ao norte da capital e a 80 quilômetros da Orla de Atalaia, em Aracaju. A praia oferece paisagens muito bonitas. É um lugar excelente para quem deseja gozar de paz e tranquilidade.

Se você é daqueles que se deliciam em observar a natureza e admirar o pôr do sol, certamente Pirambu é um dos locais para passear em Sergipe que mais vão chamar sua atenção.

O lugar se tornou um destaque no cenário turístico porque serve para desova de tartarugas e sedia uma base do Projeto Tamar. Na praia, há dunas também e a Lagoa Redonda, que conta com belas trilhas.

A praia é bem grande e alterna com regiões desertas. Vale destacar ainda a existência de bons restaurantes à beira-mar, os quais oferecem comida caseira muito gostosa.

6. Reserva Boa Luz: um dos maiores complexos de lazer do Norte e do Nordeste

A Reserva Boa Luz tem a vantagem de ficar a apenas 15 minutos de Aracaju, sendo facilmente acessível pela BR-235. É um dos maiores complexos de lazer do Norte-Nordeste. São mais de 7 milhões de metros quadrados com matas naturais, bosques, jardins e lagos.

A infraestrutura é sofisticada e oferece conforto e tranquilidade. O parque aquático da reserva é o maior do estado. Um espaço paradisíaco que certamente vai agradar a toda a família. É um ambiente destinado a um descanso efetivo, em total integração com a natureza — ótimo para a prática de ecoterapia.

Além de tudo o que citamos, a Reserva Boa Luz apresenta também fazendinha, haras e poneilândia. E não para por aí! Há toda uma estrutura em construção, com novos restaurantes, parque infantil e arvorismo, salão de jogos, sala de eventos, hotel boutique e quadra de tênis. Em breve, a reserva se transformará em um dos maiores complexos residenciais do país.

Agora você já conhece 6 locais para passear em Sergipe. Não faltam opções, não é mesmo? Basta analisar cada uma e escolher. Você também pode visitar mais de um local. Por que não?

Ainda quer mais? Que tal conhecer mais lugares atrativos no estado? Então, veja os 6 melhores pontos turísticos de Sergipe!

Você também pode gostar

Deixe um comentário