As cotas imobiliárias são um bom investimento? Entenda aqui

cotas imobiliárias
6 minutos para ler

Quem não gosta de ganhar dinheiro? Todos nós queremos isso, não é verdade? É por isso que as pessoas procuram investir no mercado financeiro, para fazer o dinheiro trabalhar por si mesmo e, para que assim, elas obtenham uma renda mensal que seja satisfatória.

O que não faltam no Brasil são formas de investimento, como títulos públicos e privados, câmbio, ações, ouro e assim por diante. Mas um bom segmento é o ramo imobiliário. Os imóveis são bens de alto valor e, por mais que atravessem ciclos de alta e baixa, existe sempre uma tendência à valorização.

Neste artigo, vamos falar sobre cotas imobiliárias, uma nova forma de investimento que chegou no Brasil e pode ser uma boa opção para você. Saiba mais!

O que são cotas imobiliárias?

Bem… Vamos começar do começo! Nada melhor que explicarmos o que são as cotas imobiliárias. Trata-se de um sistema que chegou ao nosso país há poucos anos. Ele permite que uma pessoa seja dona de uma unidade habitacional em um clube, resort, hotel.

Esse sistema permite que as pessoas que não desejam (ou não podem) comprar um imóvel integral, obtenham seu imóvel de passeio a um custo compatível com a renda que possuem.

O sistema foi desenvolvido para as famílias que não pretendem desembolsar muito dinheiro para comprar um imóvel completo. É um investimento com características especiais.

Por que as cotas imobiliárias são um bom investimento?

É claro que um investimento só é bom se trouxer retorno. Que retorno as cotas imobiliárias oferecem? Considere que é um regimento condominial em que o mesmo imóvel é compartilhado por pessoas diferentes. Não se trata de comunismo, viu? Não tem nada de ideais políticos, mas é um regime de bem comum sim.

Os diferentes proprietários dividem o imóvel por prazos diferentes. Prazos que são prefixados. A diferença entre a propriedade convencional é, portanto, o tempo. Cada titular paga suas despesas conforme a fração de tempo que utiliza. Assim, há menos despesas a serem pagas, ou seja, cada despesa a menos representa economia e mais dinheiro disponível.

A aquisição e a transferência das cotas seguem os mesmos procedimentos padrões usados em um imóvel convencional. Há uma convenção de condomínio, responsável pela regulamentação dos deveres e dos direitos dos multiproprietários no que se refere às instalações, aos equipamentos, à mobília, preservação dos bens, contribuição do condomínio e outras.

Vale lembrar que, no mundo dos investimentos, redução de gastos representa lucro, ou seja, o dinheiro que foi economizado pode ser contabilizado como rendimento em muitos casos.

Conforme dados apresentados em um estudo recente (Cenário do Desenvolvimento de Multipropriedades no Brasil, 2018), a multipropriedade imobiliária no país alcançou um elevado Valor Global de Vendas (VGV): R$ 16,3 bilhões em 2018, o que correspondeu a um crescimento de 48% quando comparado a 2017.

Quais são os benefícios das cotas imobiliárias?

Quer uma boa vantagem para começar? Todas as taxas como, impostos e condomínio, por exemplo, são rateadas entre os proprietários das cotas imobiliárias, então, os valores a serem pagos saem bem mais em conta para cada um dos donos

Simplifique a comercialização e o uso do bem

Se você compra imóveis fracionados, faz um bom investimento porque consegue simplificar e proporcionar a comercialização de bens. Também diminui a ociosidade na ocupação dos bens e os gastos com manutenção.

Conquistar uma cota fracionada é uma boa oportunidade de negócio para todos os que procuram usufruir de lazer e descanso e também para os que almejam efetivamente fazer investimentos rentáveis.

Ganhe dinheiro com seu espaço imobiliário

Caso você não usufrua do imóvel em algum dos períodos prefixados para sua utilização, poderá disponibilizá-lo para o pool hoteleiro. Dessa maneira, você obtém um retorno financeiro e consegue agregar valor à renda familiar. As rendas originadas do aluguel de imóveis podem se transformar em uma renda fixa e alta.

Aproveite o intercâmbio de férias

Mas vamos continuar em nossa análise das vantagens em investir em cotas imobiliárias. Existe a possibilidade de você, como dono da multipropriedade, usufruir de benefícios por meio do intercâmbio de férias. Empresas de câmbio que atuam no exterior podem servir como intermediárias, interligando os proprietários nos mais de 4.300 destinos turísticos do mundo. Esse segmento vem sendo muito usado na aquisição de imóveis de lazer e de turismo.

Considere o exemplo seguinte, com personagens que certamente são conhecidos de sua infância. Os três porquinhos juntaram suas economias e compraram uma casa na praia, onde não existem lobos. A casa foi comprada pelo instituto de multipropriedade. Assim, temos três proprietários: Cícero, Heitor e Prático.

A fração temporal de Cícero é de três meses, de janeiro a março. A de Heitor é de cinco meses, de abril a agosto. A de Prático é de quatro meses, de setembro a dezembro.

O uso e o gozo do imóvel só poderão ocorrer nesses meses que foram registrados em escritura pública e na matrícula do bem, embora, é importante estar atento às regras condominiais de uso e rodízio de temporadas. Eles assumirão as despesas somente nesse período, ou seja, os valores referentes a tributos, cotas condominiais e outros valores.

O valor da cota imobiliária no Brasil é mais econômico em relação aos valores das cotas em outros países. No Estado de Sergipe, por exemplo, há empresas negociando as cotas com valores bem mais chamativos do que todo o mercado nacional.

Com custo-benefício atrativo, as cotas imobiliárias estão sendo uma tendência para incorporadoras, imobiliárias, construtoras, redes hoteleiras. Desse modo, promove-se a expansão de novos empreendimentos e o desenvolvimento no setor imobiliário.

Para encerrarmos esse assunto com chave de ouro, podemos dar uma última recomendação aos investidores: que sempre busquem mais informações, uma assessoria jurídica mais especializada, pois dessa maneira contarão com a garantia jurídica e a segurança para concretizar os negócios e resguardar os direitos de posse e de propriedade perante os órgãos públicos sobre as propriedades compradas.

As cotas imobiliárias podem ser classificadas como um grande modelo de investimento, mas é necessário saber quais são as intenções e os objetivos da aplicação.

E então? Depois de todo esse palavreado com direito a lembranças da infância e sugestões de viagens para fora do país, o que você está achando das cotas imobiliárias? Um bom negócio, não é? Mas você pode falar por si mesmo, deixando aqui no blog o que acha, com o que concorda e com o que discorda. Aproveite os espaços abaixo, deixe seu comentário e registre sua opinião!

Você também pode gostar

Deixe um comentário